Notícias da Bahia

Chuvas e enxurradas versus infraestrutura em Barreiras

É o de sempre: o uso eleitoral da enxurrada em época de chuvas, principalmente em ano de eleições, ao relembrar os pontos crônicos de infraestrutura pelos bairros de Barreiras deixados pelo descaso de décadas das gestões públicas anteriores como se a atual fosse a culpada de tais mazelas, simplesmente, em proveito politiqueiro.

Chuvas e enxurradas versus infraestrutura em Barreiras 2

Primeiro que a chuva que caiu no último dia 4, não foi apenas uma “pequena chuva”, se verificarmos seu índice pluviométrico, sem dúvida, veremos que não deve ter sido pequeno.

Com relação “a falta de drenagem”, a questão é ainda mais ampla. Se existe em Barreiras um bairro periférico que tenha sido planejado sua infraestrutura antes de seu loteamento, desconheço. Nestas atuais situações de infraestrutura que ocasionam alagamentos, as quais requer enormes recursos financeiros de emendas federais de deputados para consertá-las, enquanto não chegam o mínimo que os governantes municipais devem fazer para aliviar o sofrimento dos moradores é fazer com que a água empoçada não fique muito tempo a ser evacuada do local. Para isso é preciso que exista uma boa drenagem ou então, que se mantenha ruas e canais de drenos pluviométricos limpos. Não havendo demorado acumulo de água depois das chuvas evitará proliferação de mosquitos e, consequentemente, doenças infectocontagiosas.

Vila Rica é um exemplo disso, o bairro sofre porque o projeto de infraestrutura que deveria ser feito no início de seu povoamento, desde quando foi implantado o conjunto habitacional Barreiras I, na época mais conhecido como “Pombal”, não foi concretizado e por isso seus moradores na parte de baixo sofrem com as enxurradas de água em época de chuvas.

Esta é a Barreiras destruída pela politicagem e não será apenas um mandato, dois ou três de boas governanças que irá tirá-la do atrasado, melhorando a qualidade de vida de seus moradores, talvez melhorá-la sim!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios